4.3.12

A Avó


Avós tive duas como toda a gente. A paterna mal a conheci, pois faleceu era eu miudito, mas bem me lembro de um seu costume, continuado pela irmã, de nos mandar de vez em quando uma cesta cheia de coisas belíssimas, nomeadamente alheiras. Das autênticas e não como as desgraças que andam por aí, ditas de Mirandela, que abusam do pão, da gordura e do nome de uma bela terra.
Era a Avó da Idanha, para a distinguir da Avó, sem mais nada, que vivia perto de nós e que nos recebia constantemente por horas ou dias ou semanas. Era uma casa sóbria, de um encanto muito próprio, “a casa da Avó”. Também lá vivia o Avô, claro, mas a casa tinha só o nome da Avó.
A casa da Avó era uma delícia, com coisas fora do vulgar. Por exemplo, um cágado com cara de filósofo que vagueava pelo quintalzito, uma pereira que o Avô podava e às vezes dava mesmo peras e umas mortalhas que surripiávamos para fazer uns cigarritos colossais: as barbas de milho ou a cidreira seca sabiam muito melhor do que enroladas em papel de jornal! Quando enviuvou, eram os netos que lhe tratavam das papeladas, e, um belo dia, mete-me na mão uma nota de conto! Fiquei parvo, pois nem sabia que a Avó podia ter poupado tanto dinheiro. Senti-me milionário: um rapazola com um milhão de reis nas unhas!
Pelos anos sessenta, um conto não era bem a mesma coisa que aquela notita que se trocou pelos cinco euros de agora. Faleceu, faz este mês 44 anos, rodeada de netos, filha e genro, como é próprio das avós. Muito mais próprio do que nos lares de terceira idade, onde podem ter tudo e mais alguma coisa, mas não têm netos…

Fernando Sena Esteves, in site Portal da Família.
Texto com supressões.


I

1. No primeiro parágrafo o autor exprime uma opinião. Indica-a.
2. No mesmo parágrafo, ele apresenta vários factos. Indica dois.
3. Um dia, a avó ofereceu-lhe uma coisa que o admirou muito. O que foi? Porquê?


II

1. Indica as afirmações verdadeiras (V) e as falsas (F). Corrige as falsas.
1.1 A palavra irmã pertence à classe dos nomes.
1.2 A palavra irmã pode ser núcleo de um grupo nominal.
1.3 A palavra recebia pertence à classe dos verbos.
1.4 A palavra recebia pode ser núcleo de um grupo nominal.
1.5 A palavra bela pertence à classe dos adjetivos.
1.6 A palavra bela pode ser núcleo de um grupo adjetival.
1.7 A palavra constantemente pertence à classe dos advérbios.
1.8 A palavra constantemente pode ser núcleo de um grupo nominal.
1.9 A palavra de pertence à classe das preposições.
1.10 A palavra de pode ser núcleo de um grupo nominal.


III

Escreve um texto de 150 a 200 palavras no qual contes um acontecimento passado com a tua família e no qual tenham participado alguns dos teus avós, tios, pais, irmãos… Podes escrever sobre uma festa, uma viagem, etc.