16.1.12

Imprensa diária

Alunos do básico com a missão de tornarem a sua escola mais eficiente


Fazer das escolas um local com mais eficiência energética vai passar a ser trabalho de miúdos...com ajuda dos graúdos. Professores e pais serão os orientadores das crianças no projeto Missão UP, que quer motivar os alunos do ensino básico para a proteção ambiental e fazer com que levem para casa as boas práticas ecológicas. A escola que obtiver o melhor projeto terá uma auditoria grátis e um investimento em aparelhos energéticos ecológicos. As competências adquiridas pelos alunos ao realizarem estes trabalhos estão dentro das metas de aprendizagem do Ministério da Educação.
“É dirigido às escolas do ensino básico, a alunos com idades entre os seis e os doze anos. Os projetos devem ser focados na área da eficiência energética e mobilidade sustentável”, disse ao DN João Nuno Mendes, diretor de Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade da Galp Energia, responsável pela Missão UP. O Ministério da Educação, a Comissão Nacional da UNESCO e a Associação Portuguesa do Ambiente são alguns dos parceiros.
A Missão UP quer chegar ao maior número possível de escolas, “para que o projeto possa continuar por muitos anos”. Desde novembro que as escolas estão a ser contactadas para participar – a lista tem cinco mil estabelecimentos de ensino, que serão contactados por e-mail e telefone. Assim que for atingido um número razoável de escolas, estas terão a visita de uma equipa de especialistas que irá tirar as dúvidas em relação aos temas.
“Queremos que as crianças percebam que a energia faz parte do dia a dia, mas que é importante poupá-la para melhorar o ambiente e evitar problemas como as alterações climáticas”, afirma.

Bruno Abreu, DN, 26/12/2010.
Texto adaptado e com supressões.


I

1. Indica as afirmações verdadeiras (V) e as falsas (F):
1.1 O projeto referido no texto envolve somente crianças.
1.2 Trata-se de um projeto destinado a educar os jovens para a proteção do ambiente.
1.3 Só podem participar neste projeto escolas do ensino básico.
1.4 Trata-se de um projeto a longo prazo.
1.5 Com este projeto as crianças tomarão consciência da importância de poupar energia.

2. Indica a opção correta. A frase «Fazer das escolas um local com mais eficiência energética (…)» significa que elas:
2.1 terão alguma preocupação com a energia que consomem.
2.2 consumirão energia racionalmente.
2.3 gastarão menos dinheiro com a energia que consomem.
2.4 terão menos problemas de energia.

3. Indica a opção correta. A frase «Os projetos devem ser focados na área da eficiência energética (…)» (linhas 19-21) signifi ca que eles tratarão:
3.1 do estudo das diversas formas de energia.
3.2 de formas de descobrir novas formas de energia.
3.3 de formas de usar bem a energia.
3.4 do estudo da energia solar.


II

1. Faz corresponder aos sete elementos da coluna A sete elementos da coluna B de modo a obteres afi rmações verdadeiras. Todas as palavras da coluna A se encontram no texto.

A
1. A palavra «Fazer», pertence à classe dos
2. A palavra «um», pertence à classe dos
3. A palavra «trabalho», pertence à classe dos
4. A palavra «com», pertence à classe das
5. A palavra «seis», pertence à classe dos
6. A palavra «sustentável», pertence à classe dos
7. A palavra «estas», pertence à classe dos


B
a. verbos.
b. preposições.
c. nomes.
d. pronomes.
e. quantificadores.
f. determinantes.
g. adjetivos.


2. A partir da base “fazer”, constrói duas palavras diferentes através da adição Escola de afixos.
2.1 Indica que processo de formação de palavras te permitiu fazer isso.

3. Atenta na frase: «O Ministério da Educação ofereceu vários materiais às escolas». Indica a opção correta. O elemento destacado é o:
3.1 sujeito.
3.2 complemento direto.
3.3 complemento indireto.
3.4 predicado.

4. Escolhe a opção correta. Na frase «O representante do Ministério da Educação entregou o prémio, à escola», a vírgula está mal aplicada porque ela não pode separar:
4.1 o sujeito do complemento direto.
4.2 o sujeito do complemento indireto.
4.3 o complemento direto do complemento indireto.
4.4 o complemento indireto do predicado.

5. Observa a frase:
Esta escola ganhou o prémio. Ela apresentou o melhor projeto.
Podes substituir o ponto (fi nal) intermédio por três dos quatro conectores seguintes, mas não por um deles. Indica-o:
5.1 já que.
5.2 contudo.
5.3 porque.
5.4 uma vez que.