18.3.10

Há metafísica bastante em não pensar em nada





Lê-se num poema de Alberto Caeiro:

Há metafísica bastante em não pensar em nada.
O que penso eu do mundo?
Sei lá o que penso do mundo!
Se eu adoecesse pensaria nisso


Evocando a sua experiência de leitura, apresente o aspecto para si mais importante da poética de Alberto Caeiro. Fundamente a sua perspectiva, referindo poemas lidos, num texto bem estruturado, com cerca de cento e cinquenta palavras.