25.11.09

Cap. X




1. Neste capítulo é atingido o ponto culminante da acção. Justifique situando o texto no desenvolvimento da intriga da obra.

2. Atente, agora, no tempo e no espaço.
2.1. Situe a acção no tempo e no espaço.
2.2. Explique as referências sucessivas ao avanço do tempo cronológico nos parágra-fos que fazem essa marcação do tempo.
2.3. Saliente, no espaço psicológico do herói, a função dos variados e angustiados pensamentos que o dominam.

3. Relacione a breve descrição da natureza com:
- o momento da acção;
- a referência explícita ao "moço poeta" nessa madrugada "fatal".

4. Centre a sua atenção no fluir da acção.
4.1. Justifique que, no extracto, se dê particular relevo ao fluir rápido da acção.
4.2. Neste contexto, adiante a função do diálogo entre Simão e Baltasar Coutinho.
4.3. Indique aspectos relevantes da expressão linguística (características do discurso, adequação da linguagem ao momento particularmente tenso da acção, pontuação, etc.).
4.4. Comente a conclusão do capítulo em termos de acção e de personagem.