20.10.09

Paisagem




Passavam pelo ar aves repentinas,
O cheiro da terra era fundo e amargo,
E ao longe as cavalgadas do mar largo
Sacudiam na areia as suas crinas.

Era o céu azul, o campo verde, a terra escura,
Era a carne das árvores elástica e dura,
Eram as gotas de sangue da resina
E as folhas em que a luz se descombina.

Eram os caminhos num ir lento,
Eram as mãos profundas do vento
Era o livre e luminoso chamamento
Da asa dos espaços fugitiva.

Eram os pinheirais onde o céu poisa,
Era o peso e era a cor de cada coisa,
A sua quietude, secretamente viva,
E a sua exalação afirmativa.

Era a verdade e a força do mar largo,
Cuja voz, quando se quebra, sobe,
Era o regresso sem fim e a claridade
Das praias onde a direito o vento corre.

Sophia de Mello Breyner Andresen





A - Compreensão

1. Podemos dizer que a primeira quadra do poema introduz os elementos mais significativos desta «paisagem»: ar, terra e mar.

1.1. Registe, separadamente, as expressões que caracterizam cada um desses elementos.
1.2. Feita a caracterização, qual deles lhe parece ter a preferência do sujeito poético? Justifique a sua resposta, recorrendo ás palavras que melhor manifestam essa preferência.

2. No poema, há notações expressivas de movimentos, sons e cores.
2.1. Exemplifique, com expressões do texto, cada uma dessas realidades.

3. Interprete o sentido do verso «Eram os pinheiros onde o céu poisa» (est.4,v.1)
3.1. Como justifica nesta frase a discrepância dos tempos verbais?

4. Esta paisagem parece inspirada numa realidade concreta.
4.1. Procure descreve-la de uma forma objectiva.


B- A expressividade da linguagem

1. O adjectivo tem um papel importante nesta descrição poética.
1.1. Justifique esta afirmação.
1.2. Elabore dois conjuntos de adjectivos, reunindo no primeiro os que exprimem sensações agradáveis e, no segundo, os que têm valor contrário.

2. «Da asa dos espaços fugitiva» (est.3, v.4)

Neste verso, há uma alteração intencional da ordem lógica das palavras.

2.1. Escreva-o de novo, segundo a ordem normal.
2.2. Como designa a figura de estilo representada por aquela alteração?

3. Analisando a estrutura formal do poema, verificamos que:
a) é utilizada a rima tradicional;
b) a estrutura estrófica é regular.

3.1. Confirme-o.

3.2. Podemos ainda acrescentar que o ritmo é lento, contemplativo e algo melancólico. Este efeito decorre da colaboração de vários factores:

- a medida do verso;
a pontuação utilizada;
o recurso a uma dada construção sintáctica;
o predomínio de um verbo e de um tempo verbal.

3.2.1. Esclareça estas afirmações.