20.10.09

A girafa que comia estrelas



- Lá estás tu outra vez com a cabeça nas nuvens! – ralhava a mãe.
E era verdade. Aos cinco anos, Filipa já era a mais alta de todas as girafas da savana. Era tão alta que, quando levantava o pescoço e se punha na pontinha dos pés, a cabeça dela desaparecia entre as nuvens. A mãe da Filipa, Dona Mariquita, não gostava daquilo:
- As nuvens estão frias, Filipa! Olha que podes apanhar uma gripe.
O pior que pode acontecer a uma girafa é ficar constipada. Primeiro, porque, quando espirram, correm o risco de perder a cabeça (a cabeça salta com a força do espirro). Depois, porque é difícil conseguir um cachecol capaz de cobrir pescoços tão compridos. Filipa, porém, gostava de andar com a cabeça nas nuvens – queria ver os anjos. A avó Rosália, mãe de Dona Mariquita, dissera-lhe que os anjos dormem nas nuvens. Também lhe dissera que, quando as pessoas morrem, se transformam em anjos. Dissera-lhe isto pouco antes de morrer. Por isso, Filipa passava o dia com a cabeça nas nuvens.
À noite, comia estrelas. Enquanto as outras girafas dormiam, Filipa subia ao morro mais alto da savana, levantava o pescoço e comia estrelas. As estrelas ardiam um pouco na garganta, mas eram doces e macias e sabiam a pêssego. Ao contrário do que seria de supor, a noite não ficava mais vazia por causa disso. À medida que Filipa comia estrelas, outras nasciam, novinhas em folha, brilhando ainda mais do que as antigas. Assim, de certa maneira, ela renovava a noite.

José Eduardo Agualusa


Notas:
® Savana – Lugar seco ou pantanoso com vegetação pequena e rasteira;
® Morro – Monte pouco elevado;


I


1. Identifica a personagem principal do texto.

2. Caracteriza física e psicologicamente essa personagem.

3. “Era tão alta que, quando levantava o pescoço e se punha em pontinhas dos pés...”
3.1. De acordo com o texto, termina a frase do ponto 3:

4. Quem era Dona Mariquita?

5. A mãe da girafa não gostava que a filha andasse com a cabeça nas nuvens. Porquê?

6. Existia algum motivo para a girafa andar com a cabeça entre as nuvens? Se sim, diz qual.

7. O que é que a girafa gostava de fazer de noite, enquanto as outras dormiam?

8. – Elabora perguntas para as seguintes respostas:
8.1. Ardiam um pouco na garganta, mas eram doces e macias e sabiam a pêssego.
8.2. É um lugar seco ou pantanoso com vegetação pequena e rasteira.

9. “... ela renovava a noite.”
9.1. Explica, por palavras tuas, o que pretende o narrador dizer com esta expressão.

10. Caracteriza o narrador deste excerto.





II

1. Faz a translineação das seguintes palavras:

a. Contrário
b. Pêssego
c. Apanhar
d. Nuvens
e. Mariquita
f. Dissera-lhe

2. Classifica as seguintes palavras, quanto à acentuação:
a. contrário
b. constipada
c. porém
d. rosália
e. estrelas
f. pior
g. pêssego
h. era
i. estão


3. “Aos cinco anos, Filipa já era a mais alta de todas as girafas da savana.”
3.1. Classifica morfologicamente as palavras sublinhadas.
3.2. Reescreve a frase, substituindo a palavra «cinco» por um numeral ordinal.

4. Identifica o sujeito de cada frase:
4.1. Aos cinco anos, Filipa já era a mais alta.
4.2. A girafa gostava de andar com a cabeça nas nuvens.

5. “As nuvens estão frias, Filipa! Olha que podes apanhar uma gripe.”
5.1. Identifica na frase as palavras que correspondem à classificação apresentada.
Nome comum →
Determinante artigo definido →
Verbo da 1ª conjugação →
Adjectivo →
Verbo da 2ª conjugação →
Nome próprio →

6. As estrelas eram doces e macias.
6.1. Identifica os adjectivos da frase anterior.
6.2. Reescreve a frase anterior, substituindo-os por antónimos.
7. Retira do texto:
a. três monossílabos
b. dois dissílabos agudos
c. um polissílabo grave
d. dois polissílabos esdrúxulos

8. Coloca os acentos gráficos apenas nas palavras que deles necessitam:
- amavel - macarrão - urgência - machado -
- maritimo - fugida - paciencia - Estevao - maça -


9. Escreve o infinitivo das seguintes formas verbais:
a. Estás
b. Era
c. Queria
d. Renovava

10. Retira do texto uma frase do tipo imperativo e na forma afirmativa.

11. Reescreve, no futuro, o seguinte excerto do texto:
“À noite, comia estrelas. Enquanto as outras girafas dormiam, Filipa subia ao mor-ro mais alto da savana, levantava o pescoço e comia estrelas.”


III

Um dia, Filipa descobriu que uma galinha fizera o seu ninho no meio das nuvens. Chamava-se Dona Margarida. Com o passar do tempo, as duas tornaram-se grandes amigas.
Imagina uma conversa entre as duas.