28.6.09

Entontecido... Manuel da Fonseca


Entontecido
como asa que se abre para o azul
abarco a Vida toda
e parto
para os longes mais longes das distâncias mais longas
sei lá de que destinos ignorados!
Como pirata à hora da abordagem
grito e estremeço
liberto!
Grito e estremeço
perdido o sentido das pátrias
e a cor das raças,
livre para todos os caminhos dos homens!
Inebriado de posse
vou contigo, Vida,
como se fosses a minha namorada
e eu te levasse inteira nos meus braços!

Manuel da Fonseca, Poemas Completos, Forja


I


1. Ao longo do poema, o sujeito poético exprime:
.. O sonho da omnipotência
.. A euforia da liberdade
.. A partida para um destino concreto

2. A palavra “Vida” está com letra maiúscula porque:
.. É um substantivo comum
.. É um valor supremo para o poeta
.. Não se refere à vida terrena

3. Através da pontuação utilizada, o poeta revela:
.. Emoção
.. Revolta
.. Euforia
.. Indiferença
.. Desânimo

4. Retira do texto palavras do campo lexical de “totalidade”.

5. Refere sinónimos de:
.. “entontecido” (v.1)
.. “abarco” (v.3)
.. “Ignorados” (v.6)
.. “inebriado” (v.14)

Refere antónimos de:
.. “abarco” (v.3)
.. “parto” (v.4)
.. “ignorados” (v.6)
.. “liberto” (v.9)


6. Estabelece a correspondência entre as expressões e os recursos estilísticos:
.. Comparação
.. Apóstrofe
.. Personificação
.. hipérbole

.. “como asa que se abre” (v.2)
.. “abarco a Vida toda” (v.3)
.. “vou contigo, Vida” (v.15)
.. “como se fosses a minha namorada” (v.16)

7. Classifica morfologicamente os vocábulos da seguinte expressão: “e eu te levasse inteira nos meus braços!” (v.17):

8. A partir da palavra “inteira” (v.17) forma um advérbio de modo:
8.1. refere o processo de formação que utilizaste:
9. Constrói duas frases com palavras homógrafas de:
.. “para” (v.2)
.. “cor” (v.12)

10. Escreve uma composição (cerca de 15 linhas) optando por um dos seguintes temas:
.. Sou feliz...sou livre!
.. Naquele sonho, eu era uma águia.