26.5.09

O Lobo


1. Após a leitura do conto «O Lobo», de Hermann Hesse, atente nos dois primeiros parágrafos. Certamente, constatou que o narrador nos localiza no tempo da acção, um Inverno rigoroso e inóspito, e no espaço, «as montanhas francesas». Indique as principais vítimas das intempéries, naquele espaço.

2. Face ao clima inóspito, há um grupo de animais que decide emigrar.
2.1. Identifique-o.
2.2. Descreva o grupo que se dirigiu para o Jura suíço.
2.3. Explique a atitude das pessoas quando sentiram a presença do trio de «intrusos» na sua região.
2.4. Esclareça a situação que originou o massacre dos animais.

3. Releia os dois últimos parágrafos do texto.
3.1. Transcreva excertos do texto que evidenciem o sofrimento do lobo.
3.2. Esclareça a oposição entre a dor do animal e o júbilo das pessoas.

4. «Ninguém reparou na beleza da floresta coberta de neve, nem no brilho do planalto, nem na Lua vermelha pendurada por cima do Chasseral, cuja fraca luz se quebrava nos canos das espingardas, nos cristais de neve e nos olhos mortiços do lobo abatido.»
4.1. Explique, por palavras suas, o segmento textual transcrito.
4.2. Identifique dois recursos estilísticos presentes no excerto.

5. Decifre a possível simbologia da alcateia.

6. Delimite, no conto, um segmento descritivo e um segmento narrativo.
6.1. Indique as marcas linguísticas que lhe permitiram concluir que se encontra perante uma pausa na acção ou face a um momento em que a acção progride.

7. O narrador não reproduz o discurso das personagens através do discurso directo. Contudo, percepcionamos, nesta breve história, os pensamentos e sentimentos que dominam homens e animais.
7.1. Imagine um possível diálogo entre os camponeses que perseguiram o lobo. Se preferir, escreva o diálogo entre a alcateia faminta e desprotegida.

8. Escreva um breve texto, de cinquenta a sessenta palavras, no qual apresente a sua impressão sobre o conto «O Lobo».