22.5.09

Maria Eduarda

Foi como uma inesperada aparição – e vergou profundamente os ombros, menos a saudá-la que a esconder a tumultuosa onda de sangue que sentia abrasar-lhe o rosto. Ela, com um vestido simples e justo de sarja preta, um colarinho direito de homem, um botão de rosa e duas folhas verdes no peito, alta e branca, sentou-se logo junto da mesa oval, acabando por desdobrar um pequeno lenço de renda. Obedecendo ao seu gesto risonho, Carlos pousou-se embaraçadamente à borda do sofá de repes. E depois de um instante de silêncio, que lhe pareceu profundo, quase solene, a voz de Maria Eduarda ergueu-se, uma voz rica e lenta, de um tom de oiro que acariciava.
Através do seu enleio, Carlos percebia vagamente que ela lhe agradecia os cuidados que ele tivera com Rosa: e, de cada vez que o seu olhar se demorava nela um instante mais, descobria logo um encanto novo e outra forma da sua perfeição. Os cabelos não eram loiros, como julgara de longe à claridade do sol, mas de dois tons, castanho-claro e castanho-escuro, espessos e ondeando ligeiramente sobre a testa. Na grande luz escura dos seus olhos havia ao mesmo tempo alguma coisa de muito grave e de muito doce. Por um jeito familiar cruzava às vezes, ao falar, as mãos sobre os joelhos. E através da manga justa de sarja, terminando num punho branco, ele sentia a beleza, a brancura, o macio, quase o calor dos seus braços.

Eça de Queirós, Os Maias, cap. XI



I

1. Integre este excerto na estrutura global da obra.

2. No excerto descreve-se a personagem Maria Eduarda.

2.1. Que facetas desta figura nos são reveladas? Justifique com elementos do texto.

3. Que tipo de impressões causa a visão de Maria Eduarda em Carlos?

4. Diga se Carlos vai continuar a ver Maria Eduarda sempre da mesma maneira. Justifique a resposta.

5. Mencione e dê exemplos de alguns recursos de estilo presentes no texto.

6. Atente na seguinte frase: «A voz de Maria Eduarda ergueu-se».

6.1. Faça a análise sintáctica da frase.

6.2. Classifique morfologicamente a forma ergueu-se.

6.3. Dê um exemplo de uma palavra homófona de voz.


II

Recorde o episódio do jantar no Hotel Central. Ega e Alencar representam nesse episódio duas correntes literárias em confronto. Numa composição cuidada, refira as características dessas correntes.