16.1.09

Autobiografia


Meu pai era a maior bondade que há no mundo. Mas não queria parecer bondoso para não parecer fraco, ele que era também um forte e o maior trabalhador que tenho conhecido. Nunca deu uma esmola diante de gente; mas nunca recusou uma esmola (quantas vezes maior que as suas posses !) estando sozinho; e os pobres, os abonados e os ricos todos lhe deviam, e o seu maior prazer era obsequiar, e a sua maior alegria era ser útil a alguém. Toda a gente morria por ele, até as crianças, e ainda hoje se diz lá na minha terra nalguma grande dificuldade ou precisão, porque era também muito inteligente e a tudo acudia: - «Se fosse vivo o Sr. João Trindade...»
Mas ele está inteiro naquela frase com que acolheu o meu nascimento e que a minha tia repetia a rir: - «Olha a grande coisa !» - porque era doido pelos filhos sem o querer dizer, e a esse tempo tinha três vivos: duas meninas e um menino, e já lhe tinha morrido uma filhinha, e depois de mim ainda veio um menino: - todos filhos da mesma mãe, com quem se tinha casado, sendo rapaz, na cidade do Porto, e que diz todo o povo que era uma santa e de quem todos se lembram ainda hoje, e por quem choram ainda hoje olhos de pobres, e já morreu há trinta e dois anos...
De minha mãe eu pouco me lembro com a memória; mas eu quando quero muito a uma pessoa pouco me lembro dela senão com o coração – e não sou capaz de me representar mentalmente a sua figura, ainda que a veja a toda a hora.
Só me lembro de que me bateu uma vez, e que ao bater-me estava a chorar e a rir-se e a beijar-me ao mesmo tempo. Eu tinha-lhe aparecido em casa sem camisa, por a ter tirado atrás de uma parede, no campo, para a dar a uma criança da minha idade que a não tinha, e fazia muito frio porque era Inverno.

Trindade Coelho, Os Meus Amores



1. Depois de teres lido o texto com muito atenção, encontra um título adequado para ele e justifica a razão da tua escolha.

2. «Não queria parecer bondoso para não parecer fraco». Que te parece a forma de proceder do pai do autor ?

3. «Se fosse vivo o Sr. João Trindade...». Que diriam as pessoas para concluir a frase, se o quisessem fazer ? Explica a tua resposta, com fundamento no texto.

4. «Toda a gente morria por ele». Explica o sentido destas palavras.

5. «De minha mãe eu pouco me lembro com a memória» Tenta explicar como será lembrar-se de alguém com o coração.

6. «Ao bater-me estava a chorar e a rir-se e a beijar-me ao mesmo tempo». Explica este comportamento da mãe do autor.

7. Coloca o acento gráfico onde achares que é necessário.
HALITO PERU PAU JUIZ NUVEM
ANEL FACIL ANEIS JURI TINHAMOS
RAIZ ANGULO DEVIAMOS FACILMENTE HINO
ALGUEM PAISES DISTRAIDO AMENDOA LAVADO


8. Passa para o discurso indirecto:
- No próximo Natal irei a casa dos meus avós, pois ontem pensei na possibilidade de lhes oferecer estas fotografias que aqui tenho.

9. Classifica, quanto ao processo de formação, as palavras seguintes:
a) Surdo-mudo:
b) Aeronave:
c) Pneu:
d) Desgraça:
e) Planalto: