27.8.08




Duarte - Certamente que faz. - Mas é isso que hoje parece mesmo um acinte... não invento senão verdades. - Pois não é minha culpa, Senhor Brás; mas em consciência, está obrigado a dar-me a sua filha.
General - Não há dúvida, Senhor Brás Ferreira; é preciso consentir neste casamento. Já não tem mentiras de que o acusar.
Brás Ferreira - Excepto a da recebedoria de Santarém.
General - Aqui está o decreto. É a prenda de casamento que eu lhe trazia.
Amália - Pois é possível?!
Duarte - Aposto que é verdade... tudo é verdade hoje. Assim, meu caro sogro, consinta, não há remédio...
Brás Ferreira - Estou certo que me enganaram.
José Félix - E eu também.
General - E eu também... Apesar disso, vamos, consinta...
Brás Ferreira - Que lhe hei-de eu fazer? Inda que não seja senão por curiosidade e para saber esta adivinhação.
José Félix (atirando com o chapéu) - Viva! A palavra do Senhor Brás Ferreira é letra que não tem desconto. Eu ritorno ai mio mestere e ponho aos pés da minha cara Joaquina... o Senhor Tomás José Marques... Milorde Coockimbroock, e sobre todos, o seu fiel José Félix, criado particular do Excelentíssimo General Lemos.
Duarte - Ó maroto, pois eras tu! Brás Ferreira - Faz-te de novas.

Almeida Garrett, Falar Verdade a Mentir



I

1. Situa o excerto na peca a que pertence.

2. As didascálias são importantes no texto dramático.
2.1. Transcreve, do texto, um exemplo de didascália.
2.2 Qual a sua função?

3. «(…) não invento senão verdades».
3.1. Explica o sentido da afirmação em 3.
3.2. Que característica sua revela a personagem com essa afirmação?
3.3. Que importância tem esse vício da personagem no desenrolar da peca?

4. Há na peça uma personagem que tem a faculdade de transformar em verdades todas as mentiras de Duarte.
4.1. De quem se trata?
4.2. Sublinha no texto a alusão aos papéis que a personagem representou.
4.3. Que objectivos orientaram a actuação da personagem?

5. De que modo o General colabora na teia de enganos?

6. Atribui, justificando, outro título à peça.

7. Com esta peca, tem Garrett o objectivo de levar o teatro até ao Povo. Terá conseguido?


II

Um camponês assistiu à representação da peça. Imagina o que ele terá dito do que viu a um punhado de amigos, numa taberna da aldeia.