4.7.08

A Gata e a Fábula

Ouvia-se o vizinho a roer nova dose de tremoços. […] A locomotiva do café chiava, exausta. Pelo mármore do balcão, escorria a espuma que transbordava dos copos de cerveja, rasados por mão afeita.
- Falaste do fim da guerra? – sibilou o pai. – Ainda vem longe, sabes? A tua imaginaçãozinha de trazer-por-casa faz-te acreditar na fábula para imbecis de que o Hitler está derrotado, não? Bem te enganas. Tão certo como eu estar vivo.
- Não, pai! Não se trata disso! Eu disse «quando a guerra acabar», acabe ela quando acabar.
- A guerra? Não acaba tão cedo, rapaz! Isso é história de ceguinhos! Cantam-na pelas ruas, trá-la-ri, trá-la-rá, mas está para dar e durar.
- Mas, pai, eu quero é saber se, quando ela acabar, o pai me autoriza a…
- Sim, sim! Queres então ir lá para fora, não é isso?
- Foi esse teu amigo que te meteu a coisa na cabeça?
- Não, pai. Ele só me trouxe de Lisboa os preços eventuais duma estada neste ou naquele país. Para eu escolher. Trouxe-me também programas e cursos. As estimativas são razoáveis. Pouco mais do que gasto em Coimbra.
- E que irias tu fazer?
- Pensei em ir para uma escola têxtil. Não gosto de Ciências… É tão frio!
- Não gostas de nada! Porque havias de gostar de Ciências? E porque hás-de gostar dessa coisa do Têxtil? Falta-te qualquer coisa lá por dentro, és oco, não gostas de nada.
- Gosto, pai. Acredite que sim. Eu gostaria tanto de ir lá para fora! A indústria têxtil vai ter uma enorme saída. Falei com um tipo do ramo, lá da Covilhã. Entusiasmou-me imenso. Depois da guerra… será um trunfo.

Fernanda Botelho, in A Gata e a Fábula




I

1. Situar no tempo e no espaço o diálogo transcrito. Justificar com o texto.
2. Que plano tem o filho? Que motivos o levaram a conceber tal plano?
3. Qual o estado de espírito do jovem?
4. Como reage o pai, ao ouvi-lo expor esses planos?
5. Que opinião tem o pai acerca do próprio filho?
6. Que tipo de relação entre pai e filho nos deixa o diálogo entrever?


II

Explica por palavras próprias o sentido de:
1. isso é história de ceguinhos
2. está para dar e durar
3. ir lá para fora
4. É tão frio
5. vai ter uma enorme saída
6. será um trunfo


III
Preposições

Completa as frases seguintes, inserindo as preposições adequadas, se necessário contraindo-as com o determinante artigo.

1. Eles emigraram ________ o Brasil ________ em 1961, ali continuando ________ ser agricultores, como ________ sua terra.
2. ________ que motivo é que a irmã ________ Joana não foi hoje ________ a escola?
3. ________ há três anos ________ cá, já trabalhou ________ cinco empresas diferentes, uma ________ quais ________ Marrocos.


IV
substantivo-adjectivo-verbo

Exemplos:
dia – diário/diurno – adiar
estímulo – estimulante – estimular
sorriso – sorridente – sorrir
1. favor _____________ _____________
2. _____________ juvenil _____________
3. _____________ mole _____________
4. _____________ _____________ alarmar


V

Em 15/20 linhas, dar conta das reflexões já feitas sobre o futuro percurso académico.
Eu pensei em ir para…