1.6.07

O amor de Vénus pelos Portugueses (C.II, 34-44)



34
E, como ia afrontada do caminho,
Tão fermosa no gesto se mostrava,
Que as Estrelas e o Céu e o Ar vizinho
E tudo quanto a via, namorava.
Dos olhos, onde faz seu filho o ninho,
Uns espíritos vivos inspirava,
Com que os Pólos gelados acendia,
E tornava do Fogo a Esfera, fria.

38
(...)
Destarte a Deusa, a quem nenhüa iguala,
Mais mimosa que triste, ao Padre fala:

39
«Sempre eu cuidei, ó Padre poderoso,
Que, pera as cousas que eu do peito amasse,
Te achasse brando, afábil e amoroso,
Posto que a algum contrairo lhe pesasse;
Mas, pois que contra mi te vejo iroso,
Sem que to merecesse nem te errasse,
Faça-se como Baco determina;
Assentarei, enfim, que fui mofina.

40
«Este povo, que é meu, por quem derramo
As lágrimas que em vão caídas vejo,
Que assaz de mal lhe quero, pois que o amo,
Sendo tu tanto contra meu desejo,
Por ele a ti rogando, choro e bramo,
E contra minha dita, enfim, pelejo.
Ora pois, porque o amo, é mal tratado,
Quero-lhe querer mal: será guardado.»

44
«Fermosa filha minha, não temais
Perigo algum nos vossos Lusitanos,
Nem que ninguém comigo possa mais
Que esses chorosos olhos soberanos;
Que eu vos prometo, filha, que vejais
Esquecerem-se Gregos e Romanos,
Pelos ilustres feitos que esta gente
Há-de fazer nas partes do Oriente.»

Luís de Camões, Os Lusíadas, Canto II



I

1. Situe o excerto que acabaste de ler no plano narrativo em que está inserido e justifique a sua resposta.

2. Identifique as personagens presentes no texto, tecendo um breve comentário às suas funções na obra Os Lusíadas.

3. Justifique a referência a Baco na estrofe 39.

4. Explique o significado do discurso de Vénus na estrofe 40.

5. Relacione as promessas de Júpiter (est. 44) com a proposição de Os Lusíadas.

6. Retire do texto dois exemplos de recursos de estilo e comente o seu valor expressivo.


II

O poema Os Lusíadas patenteia, de forma evidente, a época em que foi escrito - O Renascimento. Numa dissertação cuidada, justifique esta afirmação, documentando as suas opiniões com referências ilustrativas da concepção renascentista.