6.6.07

Diário, Sebastião da Gama


Fevereiro, 3 e 4

Estive em Coimbra, a fazer exames. Para eles se entreterem, encomendei-lhes uma redacção sujeita ao tema: " O Professor faltou ". O resultado só foi desanimador na medida em que eu peço sinceridade. Se é certo que eles gostam de Português e desamam Noções de Comércio, não é menos certo que é quase anormal o rapaz não ficar felicíssimo quando o professor falta; ora na maioria declaram-se pesarosos, tristes, pensativos, desgostados, aborrecidos! Não desanimo, porém; eles não têm culpa e com jeitinho levá-los-ei a dizerem com franqueza o que querem e o que pensam. De notável, houve o Gabriel, que teve a habilidade de me pôr ao corrente do que sentiam sem dizer a sua opinião pessoal: fez uma engraçada cena de teatro, em que uns aclamam, outros aborrecem a falta do professor!

In Diário, Sebastião da Gama



1. Explica, por palavras tuas, o significado das palavras e expressões:
a. sujeita ( l.2 )
b. pesarosos ( l. 6 )
c. declaram-se ( l. 5 )
d. pôr ao corrente ( l. 8 )

2. De acordo com o texto, qual a qualidade que Sebastião da Gama mais apreciava nos seus alunos?
2.1. E tu? Qual a qualidade que mais aprecias nos professores ?
2.2. Justifica devidamente a tua opinião.

3. Recorrendo ao texto, sempre que necessário, tenta fazer o retrato psicológico do autor.

4. Explica, em poucas linhas, o que o autor pretende dizer com a seguinte frase:
« ... eles não têm culpa ... »

5. Classifica este texto segundo a terminologia estudada na aula.
5.1. Faz o levantamento das suas características fundamentais.